Inúmeras vezes, a necessidade de manutenção do automóvel é ignorada pelo proprietário do veículo. Substituir o óleo do motor é uma das formas mais fáceis e mais em conta de se assegurar de que o carro vai permanecer operando em bom estado.

De um modo abrangente, a sugestão é para que a troca do óleo e do filtro de óleo seja feita a cada 5.000 quilômetros rodados. Mesmo que isto não prejudique seu veículo, não é exatamente necessário, principalmente quando se trata de veículos recentes.

Geralmente, de seis mil e quinhentos a dez mil quilômetros ainda é um espaço aceitável com a finalidade de preservar a sua reserva de óleo.

Entretanto como perceber se o óleo está bom ou ruim? Veja vários dos sinais que o produto e o motor do carro irão demonstrar:

O óleo parece preto e áspero

Esse aspecto é o que você tem que treinar seu olho a notar. A pigmentação natural do óleo é mais para um marrom, o líquido, que é espesso, escurecerá rápido após certas semanas de uso.

Já que você começa a notar partículas misturadas a esse óleo preto é porque chegou o período de trocar o óleo. Se você não quer sobrecarregar o filtro até o ponto em que os contaminantes cheguem a despencar no motor, arrume o mais rápido possível a troca do óleo logo que perceber a alteração do tom e aspecto do óleo.

Ruído esquisito no motor é indício de contratempos

sinais-para-troca-de-oleo O óleo engraxa o seu motor. Sem lubrificação, as engrenagens começarão a atritar umas nas outras, a arranhar, provocando barulhos mais intoleráveis do que você está acostumado a escutar no interior do capô do carro.

Trocar o óleo velho por um novo é capaz de prevenir adversidades piores.

Não recorda-se da última vez que fez a troca?

Além de certificar-se de que o óleo está no nível correto, a coisa mais importante sobre perceber se o tempo da mudança de óleo está perto é fazer uma agenda de substituição.

Caso você não consiga se recordar da última vez que os fluidos do motor do seu veículo foram substituídos, então troque o óleo independentemente de ter convicção quando foi a troca anterior. Registre a data da troca recente e faça um planejamento de troca por tempo e/ou quilômetros rodados.

A luz de controle do motor no painel do carro não apaga nunca

sinais-para-troca-de-oleo Inúmeros carros atualmente possuem seu próprio sinal de medidor de óleo, porém, para os mais velhos, a luz do controle do motor é capaz de aparecer sempre que existe alguma coisa errada com o lubrificante.

Antes de perder tempo tentando verificar todo o resto de problemas que o motor é capaz de manifestar, torne o processo mais simples e confira a vareta do óleo primeiro.

Condição de baixo nível de óleo

O motor irá, paulatinamente, “ingerir” o óleo. É o que acontece, na ocasião em que o fluido está em uso por algum tempo. Apesar disso, quando o óleo está velho ele, provavelmente, não vai estar fazendo o seu trabalho com muita eficiência.

E quando o óleo não está de fato fazendo seu trabalho, o motor vai utilizar cada vez mais fluido a fim de assegurar que seu funcionamento esteja sem problemas.

No momento em que você nota o nível do fluido do motor ficar excessivamente baixo, não basta complementar o óleo. Observe a textura do produto. Pode ser momento de realizar a substituição completa.